Transas da contracultura brasileira, Patricia Marcondes e Isis Rost, orgs

R$50,00
Compartilhar

LANÇAMENTO! | Ed. Passagens, 2020 | brochura | formato 16 x 23 | 336 pags. | Isis Rost e Patrícia Marcondes de Barros reuniram artigos, poemas, entrevistas, depoimentos e ensaios, com a presença de nomes como Ricardo Chacal, Jards Macalé, Luiz Carlos Maciel, Ana Cristina César, Helena Ignez e os maranhenses Murilo Santos e César Teixeira, além de pesquisadores de diferentes locais do país. A coordenação editorial é do historiador e professor Flávio Reis e o projeto gráfico e diagramação de Isis Rost,

O livro resulta do encontro de duas pesquisadoras ligadas na efervescência cultural dos anos 1960 e 1970. Isis Rost, gaúcha radicada em São Luís, e Patrícia Marcondes de Barros, paulistana que vive atualmente em Londrina. Elas reuniram vasto material, que alinha entrevistas e depoimentos de personagens expressivas daqueles anos de explosão criativa, transformações comportamentais e, também, repressão política.